União das Freguesias de Portunhos e Outil União das Freguesias de Portunhos e Outil

Caracterização

Portunhos

Situada na zona sudeste do concelho, dista cerca de 7 km da cidade de Cantanhede, com 15,38 hab/km² e com uma densidade populacional de 77,2 hab/km². Com povoamento concentrado, é composta pelos lugares de Portunhos, Pena e Vale de Água, separados entre si cerca de 2 km. A exploração do calcário (brita, rachão, calçadas, cantarias) é a principal fonte de rendimentos da população.

A antiga freguesia de São Julião de Portunhos pertencia ao priorado de Ançã, tornando-se mais tarde reitoria da apresentação dos marqueses de Louriçal. Em 1839, pertencia ao concelho de Ançã, e à comarca de Coimbra. Extinto o concelho citado, passou em 1852 para a comarca e concelho de Cantanhede.

Foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada à freguesia de Outil, para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Portunhos e Outil da qual é a sede.

Da pedreira d’El Rei saiu a matéria-prima que, pelas suas características únicas – maciez, alvura, plasticidade – tem sido usada, desde a Renascença, na arquitectura (Hotel Palace do Buçaco) e na escultura, No lugar da Pena, no sítio chamado Pardieiros, foi descoberto em 1991 um “tesouro” de cerca de duas mil moedas romanas, datadas dos finais do séc. IV e inícios do séc. V.


20012011
População Total
12281887
População Feminina
622629
População Masculina
606558
População dos 0-14 Anos
150152
População dos 15-24 Anos
17295
População dos 25-64 Anos
596584
População com mais de 65 anos
217536
Famílias
0412

Outil

Situada no sudeste do concelho, na margem direita da ribeira de Ançã, a 93 metros de altitude, dista cerca de 4 km da cidade de Cantanhede, com 15,34 hab/km² e com uma densidade populacional de 55,9 hab/km². Até finais do século XVIII, constitui o Couto de Outil.

Esta freguesia compõe-se apenas das povoações de Outil e Vila Nova, idênticas em importância demográfica, mas diferentes em actividades que os seus moradores desenvolvem. Em Outil, sede, predominam as terras de lavoura – produz-se desde sempre o milho, o azeite, aveia e frutas; e em Vila Nova, se bem que haja também propriedades agrícolas, a actividade principal é a de exploração de cantaria, indústria que, pelos recursos quase inesgotáveis de pedreiras, dá trabalho a muita gente.

Ignora-se a data da fundação de Outil. Porém, indícios de ordem arqueológica apontam para que esta região tenha sido habitada pelos romanos. Dentre esses sinais destaca-se uma fonte de estilo romano que se encontra no cruzamento do caminho que liga as duas povoações da freguesia. Outro indício é a existência das ruínas de um castelo.

A Igreja Paroquial da freguesia é uma construção do século XVIII , com frontaria rematada por uma cornija. A porta é encimada por um frontão curvo. Contém várias imagens do século XV, salientando-se uma escultura de orago, Santa Maria Madalena, colocada no Altar-Mor. Das alfaias sacras são de destacar uma custódia e um cálice do século XVIII, ambos em prata com punções.

Foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada à freguesia de Portunhos, para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Portunhos e Outil com a sede em Portunhos.


20012011
População Total
865858
População Feminina
439438
População Masculina
426420
População dos 0-14 Anos
9599
População dos 15-24 Anos
11968
População dos 25-64 Anos
443460
População com mais de 65 anos
218231
Famílias
282320

© 2024 União das Freguesias de Portunhos e Outil. Todos os direitos reservados | Termos e Condições

  • Desenvolvido por:
  • GESAutarquia